Rentabilidade em fundos de investimento

Resultado de imagem para fundos de investimento

Rentabilidade em fundos de investimento

Embora a ideia de unir os vários fundos de poupadores e colocá-los nas mãos de gestores especializados não é nova -os estudiosos da matéria apontam que os investment trust da grã-bretanha, estabelecidos sobre 1860, foram as primeiras instituições de investimento colectivo, semelhantes às que se conhecem na atualidade – é surpreendente como muitos poupadores e investidores continuam sem ter claras as características, vantagens e implicações este veículo de poupança e investimento tão comum no panorama financeiro mundial e nacional.

Como foi dito comum? Sim. Embora não acredite, em Portugal, e no fecho do mês de abril, havia 382.000 milhões de euros investidos em fundos de investimento e 9 milhões de participantes (cerca de 20% da população portuguesa). Certamente você seja um deles e não tenha claras muitas coisas sobre o seu funcionamento. pior, talvez você seja um deles e não saiba. Isso sim que seria um mau sinal.

Resultado de imagem para dinheiro

Começando pelo princípio, um fundo de investimento é um instrumento de poupança, que reúne um grande número de pessoas que desejam investir seu dinheiro, essas pessoas são denominadas participantes. O fundo coloca em comum o dinheiro dos participantes e é uma entidade gestora a que se ocupa de investir, ganhando comissões por isso, claro.

Todo o dinheiro contribuído pelos participantes compõem o patrimonio do fundo é dividido em unidades mínimas de investimento chamadas participações. Estas têm um valor determinado, o Valor Liquidativo, que resulta de dividir o patrimônio total do fundo pelo número de quotas em circulação. O valor liquidativo é o preço de cada participação em um dado momento.

A maioria dos fundos de investimento publicam diariamente o seu valor liquidativo, o que vai nos permitir calcular a rentabilidade, o retorno sobre o investimento inicial realizado. A rentabilidade de um fundo é calculado como o percentual de variação do valor liquidativo entre a data de subscrição (compra de participações) e a data de reembolso (venda de participações). Como em qualquer investimento, é importante notar que a rentabilidade do fundo pode ser tanto positiva como negativa, sempre de acordo com a evolução do valor liquidativo que dependerá do preço dos ativos em que está investido.

Imagem relacionada

Salvo os fundos com rentabilidade garantida no longo prazo, a rentabilidade está mais menos controlada, se não há um acompanhamento correto de nossa carteira bem da nossa parte e por parte de nosso banqueiro consultor patrimonial. É muito importante destacar que, como em qualquer investimento, devemos ter em conta o binômio rentabilidade-risco, o que pressupõe que a rentabilidade maior que queiramos obter, mais risco e você será o que nós temos que assumir e vice-versa.

Assimilar a palavra de um investimento de risco é algo muito comum, mas não certo. Também se pode pensar que falar de investimento envolve grandes quantidades de dinheiro e tampouco o é. Existem tantos tipos de fundos de investimento, tais como perfis de risco, há -de os mais conservadores aos mais agressivos – e que investem em todos os tipos de ativos (ações, ativos monetários, títulos de renda fixa, derivativos, e até mesmo em outros fundos de uma combinação de todos eles) a partir de quantidades muito pequenas para que qualquer investidor pode ter acesso a um grande leque de oportunidades. Em todos esses casos sempre busque a melhor estratégia para o negócio envolvido. Um site que oferece cursos e palestras gratuitas é o estrategia para opções binarias, que têm a assistência de suporte 24 horas para seus usuários.

Imagem relacionada

Para sua tranquilidade você deve saber que os fundos de investimento são instrumentos perfeitamente regulados. Ou seja, não podem fazer o que quiser com o seu dinheiro e tem que respeitar algumas regras marcadas pelo seu próprio regulamento de gestão e sempre dentro do marco da Lei e Regulamento das Instituições de Investimento Colectivo.

A liquidez imediata, na maioria dos casos, as vantagens fiscais que geram e que conta com uma gestão profissional por trás que lhe vai permitir aceder a todos os mercados nacionais e internacionais, com gestão ativa e passiva, são outras das vantagens que lhes fazem ser veículos de poupança muito populares.

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *